Quem sou eu

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
positivosim@gmail.com Sou um cara normal, que contraiu o HIV em uma relação homossexual monogâmica (ao menos da minha parte). O resto vai ser postado aqui nesse blog...
Google
 

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Aeroporto

Cá estou escrevendo do aeroporto enquanto aguardo meu avião.
É a primeira vez que entro em um aeroporto após o acidente da Air France e digo que não é nada fácil. Sei que vou encontrar amigos em comum que passam pela mesma situação que eu de ter perdido uma pessoa muito querida no acidente, e realmente estou precisando disso agora, pois É MUITO DIFÍCIL!
Acabo de ver que meu vôo ainda vai atrasar. Não me considero uma pessoa pessimista, mas tudo me remete ao acidente, do qual já me apossei, pois deixou de ser o acidente da Air France para mim e passou a ser o acidente da minha amiga, e minha vontade é de sair chorando pelos cantos, mas agüento até a hora de encontrar meus amigos e família.
É impressionante como as coisas tomam outra perspectiva. Não tenho o menor medo de voar. Turbulência não me preocupa em nada. Sou da teoria de “o que tiver que acontecer acontece” e isso me despreocupa. Talvez por ser assim quando soube do resultado do meu exame não entrei em pânico, desespero nem nada, foi tudo muito calmo. Por mais clichê que possa soar, a morte é a única certeza que temos na vida, e de nada adianta viver com o medo desse acontecimento. Pelo mesmo motivo a palavra sobrevida para mim não faz muito sentido.
Minha amiga que perdi era nova, uma jornalista bem sucedida, uma pessoa sempre de bom humor, feliz, agradável. Era uma pessoa cheia de VIDA! Não havia uma vez que eu andasse com ela, onde quer que fosse, que ela não parasse diversas vezes para falar com pessoas. Uma pessoa cheia de vida, talvez pelo fato de que sabia viver, por ser cheia de amigos e amigos verdadeiros.
Como minha tia avó costumava dizer: é nos momentos difíceis que crescemos, quando tudo está OK costumamos ficar estagnados. Essa dor, esse sofrimento todo me trouxe um aprendizado: vendo como ela sempre foi, vejo que devo buscar um pouco esse perfil, viver a vida intensamente, aproveitar cada momento, buscar mais os amigos. Assim a vida é mais agradável, mais vivida.
A questão é: VIVER! Aproveitar da vida em sua plenitude. Devemos sempre buscar as pessoas e as coisas que nos fazem bem. Não acredito que será esse vírus que vai me matar. Não tenho a menor idéia de como será que me vou, espero que velhinho, dormindo, simplesmente pelo fato de que nossas células já nascem com prazo de validade. Como não tenho controle sobre isso, para que me preocupar. Ao invés disso o negócio é se ocupar de coisas que nos fazem bem, física e emocionalmente. Ter uma vida saudável em todos os sentidos!

7 comentários:

Anônimo disse...

Olá! Tudo bom? Pois bem, imprimi seu blog inteiro e levei pra Academi pra ler na esteira (rs). Estou tentando entender um pouco melhor o HIV. E a Internet é uma boa pedida.

Tenho 28 anos e há três meses fiquei sabendo ter contraído o vírus. Sei exatamente quando contraí. Então como já imaginava o resultado não um choque assim que pudesse me derrubar. Eu já suspeitava. Mas tenho vivido dias bem chatos, angustiado algumas vezes. Tenho uma cabeça boa, eu acho, então tenho encarado esta situação com otimismo. Até agora nada mudou, a não ser que tenho cuidado da minha saúde com mais atenção: muita fruta, verdura, legume, academia, e hábitos saudáveis. Puro esforço!

Gostei muito de tudo que você escreveu. Já vi todos os filmes de sua lista (rs). Angels in America é fantástico.

Ainda não dividi o HIV com ninguém. Moro sozinho, trabalho e estudo e não tenho contato com quase ninguém da minha família. Então as pessoas mais próximas são meus amigos e ainda não tive interesse em contar. Mas uma hora eu falo.

Também penso em criar um blog. Em agosto vou a Mariana e Ouro Preto. Adoro Minas.

Um abraço,

L.

meu email e msn: soadas@ig.com.br

Anônimo disse...

Você está certo, Positivo. "Só peru morre de véspera". Viver a vida é buscar a realização dos meus dons. Criar alguma coisa que me mobilize completamente. Sem isso os dias são mera sucessão rotineira.

Desenvolver uma idéia e me engajar na sua realização. Aí não sinto fome ou o tempo que passa. Isso vale a pena.

Senhor disse...

Oi, achei seu blog pois estou com a forte suspeita de ser soropositivo. Acho q estou prestes a passar por uma grande provação. Não tenho rancores e me preocupo muito com meu namorado. Acho q fui infectado por ele. Eu o amo demais e não consigo parar de pensar q ele irá desistir da vida.
Preciso de um exército de seres ilumiados para conseguir! Conto com suas boas energias.

Positivo Sim disse...

L,
acho a idéia do BLOG ótima, por isso o fiz e algumas pessoas me disseram ter criado alguns por conta disso. É bom para colocar para fora, para ajudar aos outros a lidar com problema com os quais já lidamos e mais várias coisas. Quando criar me avisa que coloco o link aqui.
Não sei como é não contar para ninguém exatamente, mas tenho uma idéia, pois meu amigo com quem divido o apartamento só me contou porque estava em crise, e acredito que além de mim apenas 2 outros amigos saibam. Vejo que é muito mais complicado para ele do que para mim, mas por outro lado, acabei abrindo a boca demais, e algumas pessoas que não eram dignas de confiança não deveriam saber... mas, não posso mais fazer nada a respeito, o que não tem remédio, remediado está.
Só tente não ficar se preocupando muito, não se ganha nada com isso, só baixa imunidade.
Abraços

Positivo Sim disse...

:)
algumas vezes não sentir fome pode ser bom, mas não podemos esquecer de comer, de nos alimentar bem. Isso vale para soro+ ou -.
Abraços

Positivo Sim disse...

Senhor,
pode contar com minhas boas energias.
Dê uma lida no que L. escreveu aqui: as pessoas lidam de forma diferente. Vc pode achar que seu namorado pode desistir, mas pode ocorrer o oposto e ele dar valor a vida, tomar cuidado com a saúde,e essa situação acabar vindo com um lado bom para ele.
Abraços

Anônimo disse...

OI, SÓ PASSEI PARAD DIZER, DESCOBRI QUE MEU NAMORADO É SORO POSITIVO, FOI ENTÃO QUE PERCEBI QUE ELE ME AMA MESMO, POIS CONTAR A ALGUÉM QUE VC É SORO POSITIVO, NAO DEVE SER FÁCIL.
EU O AMO TANTO.. NUNCA FUI TÃO FELIZ COM ALGUÉM COMO TENHO SIDO E SEI QUE SEREI MUITO MAIS COM ELE.
ELE É TATUADOR, DESENHISTA, ARTISTA PLÁSTICO. BOM.. ELE É MARAVILHOSO.
E OUTRA COISA?
SER SORO POSITIVO, NAO SIGNIFICA INTOCÁVEL.
BJS
LUCIANE MARQUES