Quem sou eu

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
positivosim@gmail.com Sou um cara normal, que contraiu o HIV em uma relação homossexual monogâmica (ao menos da minha parte). O resto vai ser postado aqui nesse blog...
Google
 

quinta-feira, 1 de abril de 2010

VACINAÇÃO

Fui me vacinar contra a “gripe suína” (Influenza H1N1). Acredito que todos os portadores do vírus HIV deveriam fazer o mesmo.
No primeiro dia apenas senti o local dolorido, porém fiquei uns dias com febre e fortes dores de cabeça. Dei uma pesquisada na Internet sobre os efeitos colaterais (minha médica só me disse na minha consulta sobre a dor de cabeça) e realmente me espantei com a ignorância (uso o termo no sentido de ignorar informações apenas) de muitas pessoas que escreveram artigos pregando a não vacinação, não apenas da H1N1 como da vacinação em geral.
Liguei para a minha médica que me confirmou que meus sintomas eram apenas efeitos colaterais. Não perguntei porque ela não havia me contado antes, pois já sei a resposta: sou extremamente influenciável com bulas e efeitos colaterais, e realmente os sinto.
Algumas pessoas não têm reação alguma, outras têm reações com graus diferenciados, mas acredito piamente que é melhor ter uma reação por uma semana que seja, do que pegar a doença em uma época que seu sistema imunológico esteja comprometido, ou ainda, pegar uma cepa mais virulenta e forte do vírus.
No ano passado tomei a vacina de gripe e digo que TODOS que trabalhavam na minha sala, sem exceção, ficaram gripados, com exceção de mim, que, apesar de portador do HIV, havia tomado a vacina. Quando recebi a dose, passei uns 3 dias bem ruinzinho, porém foi um ano inteiro sem nenhuma gripe, aliás até hoje.
Após fazer o meu próximo exame (meados de maio por conta do meu CD4 baixo no último) tomarei a de gripe novamente e em junho a de pneumonia.
Sou pró “melhor prevenir do que remediar”, e quando não fiz isso, como quem já leu esse blog do início bem sabe, acabei aqui, escrevendo essas linhas, simplesmente por ter parado de me prevenir por confiar minha saúde à outra pessoa.
No site do Ministério da Saúde (postado nos links aqui no blog)  há maiores informações sobre vacinação e redes sociais, podendo seguir através do Orkut, Twitter e Facebook. 
Me lembro de uma aula de inglês, durante um jogo chamado “the balloon game” (o jogo do balão), que consistia em escolher um personagem e responder como se fosse ele através de argumentos justificando sua continuidade no balão que perdia gás e cairia, sendo necessário jogar os outros participantes para fora do balão. No final do jogo apenas uma pessoa permaneceria no balão, sendo um ótimo exercício de persuasão, e no caso de aula de língua inglesa, uma ótima forma de descontrair e literalmente “soltar o verbo”. Resolvi ser Edward Jenner, o inventor da vacina, e com isso joguei todos para fora do balão. Fiquei com esse jogo na cabeça pelo resto da minha vida e acabei utilizando ele na minha carreira, tanto em capacitações para trazer a questão de inclusão/exclusão, quanto em seleção de funcionários, para ver o poder de argumentação e persuasão.
Nesses dias de febre vi um filme que para mim, amante de animais que sou, é simplesmente fantástico e indico para quem quiser derramar algumas lágrimas:
“Hachi: A Dog’s Story”
hachi_movie_poster_thumb
Quando Hachiko, um filhote de cachorro da raça akita, é encontrado perdido em uma estação de trem por Parker (Richard Gere), ambos se identificam rapidamente. O filhote acaba conquistando todos na casa de Parker, mas é com ele que acaba criando um profundo laço de lealdade.
Não vou estragar a história do filme, mesmo querendo contar um pouquinho mais dele, mas na minha opinião vale ver. Baseado em uma história real, fato esse que me faz chorar ainda mais quando assisto qualquer filme, o cachorro possui uma estátua no Japão, cuja foto eu posto abaixo:
Hachiko
Hachiko-Shibuya
Coincidências da vida, estou escrevendo com a TV ligada e acabo de ouvir uma chamada que achei fantástica e que preciso incorporar muito mais: “seja um guardião, não um dono”. Faz parte de uma campanha para adoção de animais da IDAUSA (In Defense of Animals – Em defesa dos animais), cujo site vale uma visita.
Abraços e até o próximo post ou resposta aos comentários deixados.

10 comentários:

Anônimo disse...

Chorei "lágrimas de esguicho" quando vi esse filme. Muito interessante o "jogo do balão". E a sua pós, já teve notícia?

Eu disse...

Estive com medo de tomar a vacina, pois li que pessoas com o CD4 baixo podem desenvolver o vírus da gripe ao tomar a vacina e como ainda desconheço o resultado dos meus últimos exames, estou na dúvida! O que sua médica te informou?

Positivo Sim disse...

Minha pós adiou o resultado... somente no dia 09.
Agora é esperar.
:)
xx

Positivo Sim disse...

Não sou médico e não estou dando opinião como tal, mas, pelos meus conhecimentos, qualquer pessoa pode desenvolver os sintomas.
Minha médica me mandou tomar a vacina mesmo com o CD4 baixo, assim como uma amigo meu.
Eu tive 1 semana de indisposição, meu amigo teve 1 dia de febre e dor de cabeça. Contudo, meu pai que não é HIV+, mas tomou o primeiro lote, por ser médico, teve uma semana de indisposição muito pior do que a minha.

Aconselho se orientar com o seu médico.

Abraços

Escobar disse...

bom dia...
Li seu blog quase todo... haha.. tenho tido insonias terriveis... descobri num teste rapido quarta-feira (7) que sou hiv+.

Ninguem sabe ainda... nao sei quando vao saber. Na verdade, eu tenho um namorado que eu adoro, sabe... e que provavelmente também tá infectado (nao gosto da palavra mas...) e eu nao sei como contar pra ele... e fico o tempo todo com culpa de que talvez EU tenha MATADO o cara que to mais curtindo hoje.

Esse fds meio que dei um vale-night pra ele... (sugestao da psicologa) pq a presenca dele... ouvir os planos dele me deprimem tanto... nao que eu acho que ele vai morrer de aids amanhã... mas eu tenho medo da reação dele, sabe?

Eu nao queria perder ele... nao queria magoar ele... mas... acho que agora ja foi... e NAO CONSIGO ME LIVRAR dessa culpa... que me da ansia de vomito... crises de choro na fila do mercado e afins. rs


Amanha cedo vou colher material pro meu primeiro cd4 cv e a sorologia completa (elisa) tambem soh sai no fim do mes.

criei um blog tbm... pq acho que escrever tudo da uma aliviada consideravel.

to tao sozinho, sabe? tao confuso...

se vc quiser um amigo... posso te cativar?

abs...

www.cartasnomuro.blogspot.com

Anônimo disse...

Descobri seu blog hoje e gostei muito de seus textos! Escrever é uma arte e poucos são os que conseguem conduzir, em leitores quaisquer, raciocínios ao externar sentimentos que causam reações diversas. Gostaria de indicar um filme; caso não já tenha visto, tente o "Na Natureza Selvagem", dirigido pelo Sean Penn. Alguns de seus textos me remeteram às conclusões que o garoto (personagem principal) teve ao longo de sua extensa viagem de autodescobrimento. A diferença: ele descobriu tarde que a paixão e a felicidade estão realmente nas pequenas coisa do dia a dia, nas relações com amigos e familiares. Você descobriu isso tudo e tem sua vida inteira pela frente!

Positivo Sim disse...

Olá Escobar,
deixei um recado no seu blogo e coloquei ele aqui nos bloogs amigos.
Deixa essa culpa de lado, pois cada um sabe de si e vc não tem como saber quem passou o que para quem.
Claro que podemos cultivar uma amizade.
Grande abraço

Positivo Sim disse...

Olá,
muito obrigado!
Já me indicaram esse filme, outras pessoas me disseram que eu não gostaria, fiquei em dúvida e acabei não vendo.
Vou procurar e verei.
Abraços

Anônimo disse...

Oi querido, boa noite...
Minha mãe descobriu ser portadora há uns meses...gostaria de saber se vc poderia me ajudar e quem sabe, sermos amigos.Moro no RJ...Seu blog é maravilhoso!Vou pedir minha mãe para ler! rs...BJs

Positivo Sim disse...

Me escreve um e-mail (positivosim@gmail.com), assim fica mais fácil de responder rapidamente.
Abraços