Quem sou eu

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
positivosim@gmail.com Sou um cara normal, que contraiu o HIV em uma relação homossexual monogâmica (ao menos da minha parte). O resto vai ser postado aqui nesse blog...
Google
 

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Amanhã

E amanhã é o dia! Será?

Meu exame deu apenas 19%, com 226/mm³ de CD4. Contudo, a carga viral está em 7.646 cópias/ml. O protocolo atual fala em começar medicação com CD4 abaixo de 500/mm³ quando a carga viral está acima de 100.000 cópias/ml.

Fatores como estresse no trabalho, na vida emocional, bem como outros problemas ocorridos na época dos exames podem alterar, pois nosso corpo reflete o que se passa conosco, e sem dúvida não estou no máximo de tranquilidade que poderia estar.

Como já disse antes, não sou médico e o que posto aqui são informações que pesquiso (em fontes confiáveis), mas que não substituem nem de longe o acompanhamento clínico.

Amanhã, com os exames laboratoriais juntamente com os exames efetuados pela minha infectologista e uma conversa sobre o assunto, saberei se realmente será a hora de iniciar a medicação. O que acredito ser bastante provável, pois no último exame meu CD4 também estava baixo. Tenho que esperar para saber. Talvez me peça para repetir o exame em pouco tempo… realmente não sei o que irá ocorrer.

Acredito que o importante é estar acompanhado por um médico que passe segurança, um especialista que está sempre se atualizando.

Questionei na minha última sessão de terapia a mudança nos parâmetros para início da medicação. Se não me engano, antigamente iniciava quando o CD4 estava abaixo de 200/mm³. Entretanto as coisas não são tão simples assim. Minha infectologista já havia me dito que a % é bastante importante e várias outras coisas que não me ocorrem agora. De qualquer forma, como bem disse minha terapeuta, o campo evoluiu, estudos são feitos com milhares de pessoas, e a conclusão foi que a mudança nos parâmetros é o melhor para o paciente. Assim, vou com a cabeça aberta para escutar e discutir o assunto com a minha médica e, sendo necessário, me adaptar a uma vida onde os medicamentos farão parte dela para sempre, ou até que se encontre uma cura.

Amanhã é o dia! A ansiedade é grande, mas por outro lado, se for necessário iniciar a medicação, após esses mais de 10 anos sem ela, isso me trará um alívio. O alívio de não mais ficar angustiado com a possibilidade sempre presente, de estar sempre esperando aquele dia em que as coisas irão mudar, o dia em que precisarei tomar remédios para toda a vida.

No fundo é apenas o medo que todos temos de mudança, e nada além disso. Contudo as mudanças podem ser bastante benéficas, ainda que difíceis.

Agora é ir dormir e esperar pelo dia seguinte.

12 comentários:

Positivo Sim disse...

E tudo OK!
Sem medicação ainda...
Mais um mês e faço um novo exame para ver como está. Se melhorar, ótimo, se baixar inicio a medicação.
:-)

Vida Louca Vida disse...

Estou na mesma amigo, exatamente na mesma!

Comunicação disse...

A folia acabou e a preocupação ficou? Faça o teste de Aids: http://bit.ly/fcZMqW #fiquesabendo

Conheça a Campanha contra a Aids deste Carnaval: www.camisinhaeuvou.com.br
Siga-nos no Twitter e fique por dentro: www.twitter.com/minsaude
Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude
Obrigado,
Ministério da Saúde

Eros de Vênus disse...

Bom saber que poderei trocar experiências por aqui. Criei meu blog faz uma semana +- e a intenção era realmente essa, compartilhar, trocar, desabafar. Aos poucos tentarei expor a minha experiência com o HIV. É reconfortante saber que outros, como vc, fazem o mesmo. Desejo-te sorte e que possamos trocar muito por aqui. Abraço

Positivo Sim disse...

E mais uma gripe no meio do caminho para atrasar meus exames...
:-(
Pelo menos não é dengue! Achei que fosse pois minha irmã está com dengue, o filho da faxineira pegou, agora ela e o sobrinho também.
O negócio está brabo aqui no Rio.
Assim que passar a gripe aguardo mais uns 20 dias e lá se vai o exame que me dirá se vou iniciar medicação ou não.

wanderlust disse...

boa sorte nos exames, amigo! eu estou com exames que começam a indicar a proximidade do tratamento, é um pouco angustiante mas faz parte. abraços!

Anônimo disse...

minha mae estava nessa mesma situacao a algumas semans atraz, gripe com sintomas de dengue, dai veio uma inflamacao horrivel no estoago e gengivas.. mas sem desanimar, depois de uma longa e angustiante espera, exames feito e inicio de tratamento, a um mes atraz minha mae "nao existia " hoje ela é outta pessoa.. CALMA E ACREDITA NAS COISAS BOAS!

Anônimo disse...

Estou pesquisando... Descobri ser soro positivo esse mês!!! Muita confusão, muitos pensamentos... está sendo estranho pq ainda não dividi isso com ngm e isso me angustia mto..

Pablo T. disse...

Oi, estou mais ou menos na mesma situação que você, mas conversando com o meu médico optei por iniciar o tratamento logo. No começo é muito dicifil, tenho ficado aereo o dia todo, mas acredito que tudo vai melhorar. Sempre tive vontade de escrever, mas a preguiça sempre falou mais alto, ontem o seu blog me inspirou e acabei criando um tambem http://aviagemdepablo.blogspot.com

Abraços!

Positivo Sim disse...

Pablo T.,
posso te colocar em "blogs amigos"?
acredito que com o resultado dos meus novos exames devo começar tratamento também.
Já se passaram mais de 10 anos e acho que chegou a hora, mas isso já não me assusta mais.
Grande abraço

Positivo Sim disse...

Anônimo (?),
que boas notícias da sua mãe!
Acredito que eu devo iniciar tratamento já no mês que vem.
Não tenho mais medo disso, os remédios hoje em dia são em muito menos quantidade, algumas vezes apenas uma vez ao dia, e bem mais eficazes.
Abraços

Positivo Sim disse...

Wanderlust,
acredito que mês que vem eu inicie o tratamento, mas já não tenho mais medo após a última conversa com a minha infecto.
Grande abraço