Quem sou eu

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
positivosim@gmail.com Sou um cara normal, que contraiu o HIV em uma relação homossexual monogâmica (ao menos da minha parte). O resto vai ser postado aqui nesse blog...
Google
 

sábado, 31 de janeiro de 2015

14 ANOS DE SAÚDE

Recentemente tomei a decisão de abandonar meu último emprego.

Ainda que saiba que a situação no Brasil está bastante complicada, simplesmente não suportei mais após 3 anos fazendo algo que não gostava em um ambiente bastante hostil.

Minha infectologista, assim como minha cardiologista e psiquiatra já me diziam há tempos que era algo que devia fazer.

Tinha picos de pressão absurdos causados pelo estresse do trabalho, que chegaram a me causar 3 internações para observação da pressão.

Assim decidi pedir demissão e iniciar coaching para ver o que e como vou prosseguir. A área educacional, assim como a sócioambiental me interessam por demais, bem como a vida acadêmica.

Fui então à minha consulta com minha infectologista, e como sabia que por conta do HIV poderia sacar o FGTS, solicitei que ela fizesse a declaração para efetuar o saque.

Qual não foi minha surpresa ao ver escrito que ela me trata desde 2001. Já fazem 14 anos!

14 anos convivendo com o HIV sem que o vírus interferisse na minha saúde.

Atualmente tomo 3 remédios 1 vez ao dia e minha carga viral é indetectável, CD4 em 38,5% (1055/mm3) e CD8 em 42,3% (1156/mm3), ou seja, exames dentro da normalidade de uma pessoa que não possui o vírus.

Já tenho um emprego em vista e estou otimista quanto ao meu futuro.

Achei que deveria partilhar isso e lembrar aos que ficam assustados por serem portadores do virus ou àqueles que temem fazer o exame que vivemos em uma época em que o HIV não é uma sentença de morte.

O carnaval vem por aí, sejam conscientes, se previnam, mas vivam!

12 comentários:

farmaceutico disse...

Sou estudante de farmácia da ufrj. Espero entregar meu tcc nesses dias. E meu trabalho é só medicamentos do coquetel. E pesquisando sobre o trabalho acabei achando o seu blog e li algumas coisas. Parabéns pela iniciativa. Deve ajudar bastante gente. E parabéns pela sua disposição e força mental. Se quiser entrar em contato pode falar

Wesley Cabral fernandes Gonzaga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo Moreira disse...

Parabéns pelo blog. Excelente. Com certeza tem feito muito bem a outras pessoas. Forte abraço.

Anônimo disse...

Oi. Fiquei um pouco mais aliviado em seu seu texto. Daqui a pouco vou fazer o exame, acredito que estou infectado. O ruim é ter que ir sozinho e provavelmente aguentar sem o apoio de ninguém. Bom, pelo menos há esperança de uma vida quase normal...
Abraços

Positivo Sim disse...

Wesley,
não há espaço para pedir desculpas aqui.
Esse é um local para desabafos e ver que não estamos sozinhos.

Um grande abraço,
p.

Positivo Sim disse...

Muito obrigado Rodrigo!
Forte abraços,
p.

Positivo Sim disse...

Anônimo,
qq coisa pode me escrever para positivosim@gmail.com.

Vou torcer por um resultado negativo, mas qq coisa basta escrever.

Abraços,
P.

Anônimo disse...

Bacana ler o relato de vocês ... Vivo com o hiv a 10 , e sempre vivi em plena saúde , ultimamente tenho muita coceira , mas feito vários exames , eis a surpresa a coceira do estado emocional , tenho que mudar de vida ,, tomar coragem e começar algo novo, após a perda dos meus pais , vivo e trabalho com um amigo que me manipula e me só me põe pra baixo .. Meu médico falou pra eu correr atrás dos meus sonhos porque minha vida vai longe ainda ... Após ler vários relatos aqui .. De certa forma me senti bem e mais corajoso .. Valeu galera .. Foi só um desabafo .. Abraços é muita positividade a todos .

Anônimo disse...

Muito interessante ler ... É ótimo ter amigos concordantes para conversar e trocar informações também sou positivo

Positivo Sim disse...

Obrigado!
:-)

Jeferson Martins De Souza disse...

Me sinto péssimo, me sinto sozinho, onde larguei e joguei fora todos os meus sonhos, o de constituir família por exemplo.
Recentemente fui diagnosticado com o vírus, pra ser mais preciso dia 15/06/2015...
Não sei por onde começar, marquei um infecto pro inicio agora do mês que vem. Vejo sim que é possível viver uma vida " comum " mas vejo também que pelo grande preconceito da sociedade será muito difícil eu conquistar meu sonho de estar bem emocionalmente e encontrar uma pessoa bacana é assim casar...
Neste momento estou indo atrás de ajuda e suporte emocional... Não estou nada bem, não paro de chorar !

Positivo Sim disse...

Jeferson,
procurar ajuda é a solução.
Trabalhe isso com um analista, terapeuta ou psiquiatra. Com o tempo você irá ver sua situação com outros olhos.
Abraços